11/06/2010 - 21:02 Atualizado em 11/06/2010 - 21:06

Policiais de Jarinu são detidos por recebimento de propina

Eles são acusados de cobrarem favores de uma empresa de segurança da cidade.

Da Redação/TV Tem

 

O delegado, o investigador e o escrivão da delegacia de Jarinu foram presos nesta sexta-feira por suspeita de corrupção. É a segunda vez que policiais da equipe do delegado Walter Mendonça são presos por cobrança de propina.

 

Oito policiais da Corregedoria da Polícia em Campinas foram até a delegacia cumprir os mandados de prisão temporária. Foram detidos o delegado de Jarinu, Walter Mendonça, o escrivão da delegacia, João Gilberto Geraldo, e o investigador Damião Ermenegildo Constant. Eles vinham sendo investigados há um mês.

 

De acordo com as investigações, os policiais teriam recebido R$ 2 mil de propina para liberar a documentação para o funcionamento de uma auto escola. Além disso, eles também cobravam favores de uma empresa de segurança da cidade.

 

Segundo o delegado titular da corregedoria, a empresa também teria sido coagida a pagar uma festa de confraternização para os policiais. Até o ano passado, Walter Mendonça era titular da delegacia da cidade de campo limpo paulista. Na época, quatro policiais do distrito foram presos por suspeita de corrupção. Um continua foragido.

 

Comentários

  • Nenhum comentário para esta notícia. Seja o primeiro a comentar.
AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal temmais.com. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal temmais.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.