24/01/2011 - 20:16 Atualizado em 24/01/2011 - 20:19

Falso enfermeiro presta depoimento nesta segunda-feira

Ele vai ser responder por pelo menos dois crimes

Da Redação/TV Tem

 

 

 

Prestou depoimento esta tarde o falso enfermeiro que atuou por quatro meses no Hospital Regional de Itapetininga. Ele vai ser responder por pelo menos dois crimes.

 

A falsificação do diploma foi confirmada pelo Coren, o Conselho Regional de Enfermagem. O que chama a atenção no documento é uma diferença de datas, de expedição e conclusão que são diferentes.

 

A Universidade de Marília, Unimar, também disse em nota que o homem nunca estudou lá. Sem se identificar, o falso enfermeiro confessou o crime e procurou por conta própria a delegacia. O delegado responsável pelo caso, Marcos Tadeu Quarentei, diz que indiciará o homem por falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão.

 

O falso enfermeiro trabalhou durante quatro meses no Hospital Regional de Itapetininga. A diretora, Maria Cecília Zanardi, disse que contratou o funcionário por indicação de um psicólogo da cidade.

 

Apesar de não ter diploma e nem especialização para trabalhar como enfermeiro, o homem, segundo a diretora do hospital, nunca teve nenhum problema administrativo.

 

Se condenado, ele pode pegar até seis anos de prisão.

Comentários

  • Nenhum comentário para esta notícia. Seja o primeiro a comentar.
AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal temmais.com. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Portal temmais.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.